segunda-feira, 30 de abril de 2012

Veja o que fazer se recebeu imóvel com metragem inferior à contratada


Infomoney
 
 
SÃO PAULO - Proprietários que recebem imóveis com metragem inferior à contratada, na hora da compra, podem exigir complemento da área, abatimento no valor ou mesmo rescindir o contrato.

No momento da vistoria, caso constate que a diferença entre o contratado e o recebido seja superior a 5%, o artigo 500 do novo Código Civil assegura os direitos do dono. Mas a lei é clara: a reclamação na construtora deve ocorrer em até 90 dias, a partir da entrega das chaves.

Momento é bom para comprar ou alugar um imóvel

Estado de Minas

Com o crescimento de ofertas, cenário é faborável, ma é preciso cuuidado para não cair em falsas promessas




Alguns apostam em recuo, outros acreditam que o crescimento se manterá. Especulações à parte, a verdade é que o mercado imobiliário continua aquecido e ainda gera um cenário interessante para quem quer comprar para investir, morar ou alugar. “De seis anos para cá, o mercado brasileiro começou a reagir, depois de muito tempo parado, e agora está atingindo a maturidade. A tendência é de que continue a se valorizar, mas em um ritmo menor”, avalia o presidente da Câmara do Mercado Imobiliário e Sindicato das Empresas do Mercado Imobiliário de Minas Gerais (CMI/Secovi-MG), Evandro Negrão de Lima Júnior.

Gafisa dá nova chance para a Tenda

O Estado de S.Paulo

A Gafisa está se preparando para retomar os lançamentos com a marca Tenda no segundo semestre. "Vamos voltar com projetos vencedores para provar que sabemos operar no segmento de baixa renda", disse o presidente da Gafisa, Duilio Calciolari.

Segundo ele, a previsão é lançar cerca de 3 mil unidades da Tenda em 2012, que somam um valor geral de vendas (VGV) entre R$ 300 milhões e R$ 400 milhões, cerca de 10% a 15% do previsto para o grupo. A Tenda já chegou a representar 40% desse volume.

Cliente adia contrato para ter juro menor no crédito imobiliário


FOLHA.com

Os clientes reagiram de forma diferente à redução do custo do crédito imobiliário, anunciada pela Caixa Econômica Federal anteontem. Há quem peça para atrasar a assinatura do contrato de financiamento, para aproveitar a taxa menor, e quem não esteja interessado em esperar.

As novas taxas de juros da Caixa valerão apenas para novos financiamentos, contratados a partir de 4 de maio, data de início do próximo feirão de imóveis realizado pelo banco em 13 cidades.

A Folha percorreu cinco agências do banco em São Paulo na tarde de ontem.

Em uma delas, na zona sul, três clientes com processo de financiamento já adiantado pediram para postergar a assinatura do contrato.

sexta-feira, 27 de abril de 2012

13 Cursos gratuitos e online



Por Mariana Ferronato


 
 
Sem tempo ou dinheiro para estudar? Precisando aprender cada vez mais para ser competitivo no mercado imobiliário? Compartilho abaixo uma lista de links que oferecem cursos gratuitos e online dos mais diversos tipos.

O corretor de imóveis reconfigurado


O Gestor Imobiliário



Ilustração: Aziz

Nestes cinquenta anos de profissão regulamentada, desde 1962, quando a lei 4.116 estabeleceu os primeiros parâmetros éticos para a atuação da categoria, o Corretor de Imóveis avançou, contribuindo para a descoberta de singularidades que melhor sustentam suas relações profissionais e o reconfiguram como um ente operador de mudanças numa evolução por demais surpreendente. Antes desta evolução, perceptível a todos, o sistema que envolvia a atividade da corretagem imobiliária, era pré-fixado por um estilo, um determinado caminho a ser trilhado na estrita observância de regras rígidas, princípios e axiomas pré-estabelecidos produzindo operações de resultados determináveis.

Hoje, o Corretor de Imóveis, revela-se um profissional complexo e bem menos previsível, no sentido de que determinado estímulo desencadeia um específico estado de ação, integrando todas as áreas do conhecimento que o expõe a processos interativos que independem de qualquer tipo de controle e/ou centralização e o faz guiar-se a si próprio.

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Cortinas 3D transformam a paisagem vista através da janela de casa


Pense Imóveis

Feitas com organza de seda, as cortinas do estúdio de design do holandês Eric Klarenbeek têm duas ou três camadas para dar a ilusão de imagem 3D

O Studio Eric Klarenbeek, na Holanda, criou uma linha de cortinas bem diferentes. Chamadas de Deluge 3D Curtains, as peças são feitas de forma que proporcionem a ilusão de terem três dimensões. Olhar pra fora de casa através das janelas ganha outra percepção.



Como organizar a casa depois da mudança



Imovelweb

Preparada para arregaçar as mangas? Então anote as dicas e otimize o seu tempo com a arrumação do novo lar.



Se deparar com inúmeras caixas pós-mudança deixa qualquer um estressado. Entretanto, o momento é de ter calma e tranquilidade para que a organização da nova casa seja a mais eficiente possível. Esta organização já deve começar junto com a mudança propriamente dita, ou seja, quando a transportadora for trazendo os objetos para dentro da casa, vá organizando-os nos ambientes adequados. Por isso é tão importante etiquetar tudo durante o empacotamento.

Se você preferir arrumar a casa nova aos poucos, outra forma de se organizar é colocar todas as caixas em um único ambiente (em vez de cada uma no seu cômodo) e ir pegando uma por vez e guardando o conteúdo nos respectivos lugares. Dessa forma, ainda que você demore meses para colocar tudo em ordem, o novo lar não ficará parecendo uma zona de guerra, com caixas espalhadas por todos os cantos. Também é primordial limpar todos os armários, estantes, racks e gavetas antes de começar a guardar.

Se você já cumpriu estas etapas, então chegou a hora de arregaçar as mangas e ir ao trabalho. Veja as dicas para tirar de letra a arte da organização da casa pós-mudança:

Mitos e lendas sobre as regras internas dos condomínios


O Globo

Especialistas desconstroem crenças que não têm base na lei ou na jurisprudência

                                                                                              
RIO - Nos universo dos condomínios, assim como em qualquer outro, boatos nascem de dúvidas não esclarecidas e se difundem a ponto de parecerem verdades absolutas. São mitos como “síndico não pode ser eleito duas vezes” e “condômino inadimplente tem, sim, direito de participar e votar em assembleia”. A pedido do Morar Bem, os especialistas José Roberto Iampolsky, diretor da Paris Condomínios, de São Paulo, e o advogado Renato Anet esclareceram algumas das dúvidas mais comuns. Confira-as abaixo:

REELEIÇÃO DE SÍNDICO - Muita gente acredita que a reeleição de síndico é proibida. No entanto, não existem na lei limitações para o número de vezes em que o síndico pode se reeleger. A Lei dos Condomínios, no Código Civil, determina que cada mandato do síndico deve ser de, no máximo, dois anos, com direito a reeleição. Segundo Renato Anet, a lei não proíbe a reeleição, mas a convenção pode normatizar sobre o tema. Se a convenção for omissa, porém, o síndico pode ser eleito várias vezes seguidas, indefinidamente.

Como vistoriar um imóvel


IG

Seja novo ou usado, é importante avaliar as condições de estrutura e acabamento antes de bater o martelo

São Paulo - Comprar um imóvel novo ou usado é geralmente motivo de alegria. Mas para que a satisfação não se transforme em decepção ou dor de cabeça é importante checar direitinho se a tão sonhada casa ou apartamento apresentam boas condições de uso, se as partes elétrica e hidráulica estão em bom funcionamento e se a estrutura está preservada.



Verifique se há identificação dos circuitos nos quadros de força e confira se cada um realmente desliga/liga o que está descrito | Foto: Divulgação
O primeiro ponto a observar é se a planta existente está de acordo com o que está sendo oferecido. Tudo tem de estar rigorosamente de acordo com as especificações do documento, conforme orienta o engenheiro civil Márcio Joaquim Estefano de Oliveira, professor do Instituto Mauá de Tecnologia (SP).


CEF oferece 430 mil imóveis em feirão que acontece em 13 cidades

InfoMoney

 

SÃO PAULO - A Caixa Econômica Federal vai promover a oitava edição do Feirão da Casa Própria, entre os dias 4 de maio e 10 de junho, em 13 cidades brasileiras.

Os moradores de Belo Horizonte, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e Brasília poderão comprar os imóveis no Feirão de 4 a 6 de maio. Entre os dias 18 e 20 do mesmo mês é a vez de Curitiba, Fortaleza e São Paulo. Ainda participam do evento as cidades de Uberlândia, Campinas, Porto Alegre, Belém e Florianópolis, conforme a tabela a seguir:

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Caixa vai reduzir juros para financiamento imobiliário

Diário do Grande ABC



A Caixa Econômica Federal anunciou ontem que irá reduzir mais uma taxa de juros, desta vez o foco será o crédito imobiliário. A instituição financeira, que informará hoje qual será o percentual de diminuição dos juros, oferece uma das taxas mais baixas do mercado para esta modalidade de empréstimo. Para os clientes que compram imóvel por meio SFH (Sistema Financeiro de Habitação) a taxa de juros hoje varia entre 8,9% e 10% ao ano.


terça-feira, 24 de abril de 2012

Para chegar à casa própria é preciso ter planejamento

Estado de Minas

Planejar as economias para realizar o sonho de adquirir um imóvel é fundamental na hora de comprar o bem. Especialistas indicam como não exceder o orçamento e se organizar



Comprar um imóvel nunca foi um sonho tão real para milhões de brasileiros como é atualmente. Mesmo com o déficit habitacional, facilitadores, como o programa Minha casa, minha vida, têm mudado a realidade de milhares de famílias. Mas, antes de adquirir a casa própria, é preciso planejar para que o negócio não vire um pesadelo.

Essa tarefa, entretanto, não é fácil para boa parte das pessoas. Educador e presidente do Instituto Diagnosticar, Sonhar, Orçar e Poupar (DSOP), Reinaldo Domingos acredita que a falta de educação financeira é um problema histórico dos brasileiros. “Desde nossos primeiros ganhos, sempre aprendemos a consumir e nunca a poupar. E, quando poupamos, só pensamos a curto prazo. Com isso, as alternativas para que esse sonho seja uma realidade ficam restritas ao financiamento pelo sistema de habitação”, analisa.

Inscritos no Minha Casa, Minha Vida terão linha de financiamento para móveis e eletrodomésticos



Agência Brasil


A Caixa Econômica Federal lançou nesta segunda-feira (23/4) uma linha de financiamento para a compra de móveis e eletrodomésticos da linha branca, destinada aos participantes do Programa Minha Casa, Minha Vida (PMCMV). Para a nova linha, serão disponibilizados R$ 2 bilhões e as operações poderão ser contratadas a partir de 4 de maio.

BH: Oferta cai e preço do aluguel estabiliza


Estado de Minas

Nos últimos três meses variação foi de apenas 1,83%, contra inflação de 1,83% na capital, mas número de unidades disponíveis caiu, especialmente entre os barracões (-21,74%)




O mercado de aluguel em Belo Horizonte parece ignorar a lei da oferta e da procura. De janeiro a março deste ano, houve tendência à estabilização nos valores e a alta dos preços foi de 1,83%, contra uma inflação de 2,83% no período na capital. “Se não houver grandes oscilações no cenário econômico brasileiro, a tendência é de estabilização de preço dos imóveis nos próximos meses”, afirma Fernando Júnior, vice-presidente da Câmara do Mercado Imobiliário de Minas Gerais (CMI-MG), que divulgou ontem a pesquisa junto ao Sindicato das Empresas do Mercado Imobiliário (Secovi-MG), e pela Fundação Ipead, vinculada à UFMG. Acontece que, no mesmo período, a oferta de imóveis residenciais caiu 3,4%, o que deveria provocar aquecimento do mercado.

10 ideias de jardins em espaços pequenos


Imovelweb

Falta de espaço não é motivo para deixar de lado a vontade de cultivar plantas em casa. Veja como.




Falta de espaço não é motivo para deixar de lado a ideia de ter um jardim em casa. Hoje em dia existem opções para qualquer espaço. Varandas, quintais e até mesmo ambientes internos podem ser locais adequados para cultivar plantas.

segunda-feira, 23 de abril de 2012

A importância do atendimento telefônico no processo de vendas

por Guilherme Machado


Você já parou para refletir que, na maioria das vezes, o primeiro contato de um cliente com um corretor de imóveis ou com uma imobiliária é por meio do telefone? Quantas vezes você mesmo já pesquisou uma empresa na internet ou viu um anúncio, se interessou por um produto ou serviço e optou pelo contato telefônico para obter mais informações?

Mesmo diante de tantas possibilidades de comunicação decorrentes de novas tecnologias, o telefone ainda é um dos primeiros elos entre uma empresa e um cliente, o que o configura como um forte instrumento de relacionamento.

Como se tornar um vendedor campeão no mercado imobiliário?


Por Guilherme Machado


Quer se tornar um campeão de vendas no mercado imobiliário? Ouça essa música e inspire-se!

É impossível ouvir esta música e não se arrepiar ao recordar Ayrton Senna, piloto brasileiro, referência mundial e grande ídolo do automobilismo. Esse grande atleta que iluminava as manhãs de domingos com seus feitos admiráveis. Mas você pode estar se perguntando: o que o Ayrton Senna tem a ver com este post? Vamos descobrir juntos?

Ayrton Senna foi um exemplo de dedicação, paixão, determinação, busca incessante pela vitória e não há como falar em campeões sem nos lembramos desse que foi um grande vencedor e que continua sendo fonte de inspiração para muitas pessoas que almejam o sucesso, tanto na vida pessoal quanto profissional.

Cuidados antes de alugar um imóvel

por Daphnis Citti de Lauro - portalvgv

O candidato a inquilino deve visitar o imóvel pelo menos duas vezes e verificar a sua face. De preferência, as salas e os dormitórios não devem estar voltados para o sul.

Deve também observar o seu estado e se há manchas de infiltrações, vidros quebrados, torneiras, vasos sanitários, tipo de aquecimento dos chuveiros etc.

Em seguida, saber o valor do aluguel e encargos (IPTU e condomínio) e fazer o cálculo de sua capacidade financeira, para não ter problemas futuros de atraso e se sujeitar a uma ação de despejo por falta de pagamento.

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Consumidor deve se cercar de cuidados antes de adquirir um imóvel na planta

Estado de Minas

Precauções são para evitar que o planejamento de toda uma vida caia por terra




A compra de um imóvel na planta pode significar um preço mais em conta. Entretanto, o sonho da casa própria pode se transformar em pesadelo. Não são raros os casos em que o cliente paga o apartamento, executa todo um planejamento para ocupá-lo e no fim das contas não recebe o bem no prazo estipulado pela construtora.

O mesmo ocorre com o financiamento. O imóvel está pronto, mas não cumpre as normas construtivas exigidas e aí são necessárias intervenções para conseguir o habite-se para ocupá-lo. Há também casos em que a empreendedora declara falência e a situação se complica para os compradores, como ocorreu com a Encol no fim dos anos 1990.

As dúvidas de quem declara aluguéis no IR

EXAME.com compilou as principais dúvidas enviadas para a redação sobre como declarar aluguéis pagos e recebidos

Julia Wiltgen, de



São Paulo – Algumas das questões mais comuns sobre IR a chegarem à caixa de entrada de EXAME.com dizem respeito à forma correta de declarar aluguéis pagos ou recebidos. Abaixo, apresentamos as respostas às principais dúvidas dos internautas sobre esse assunto. Quem responde às 11 primeiras perguntas é Eliana Lopes, coordenadora de IR de pessoa física da H&R Block Brasil. A última questão é respondida pelo consultor imobiliário da Areal Pires Advogados, Alex Stroetbek.

1) Pagamento de IPTU e condomínio precisa ser declarado? De quem é a responsabilidade, do inquilino ou do proprietário?

Não é necessário declarar essas taxas, independentemente de quem é responsável por pagá-las. Porém, se for o proprietário quem paga por elas, ele tem o direito de deduzi-las do seu rendimento com o aluguel. Ou seja, só precisa declarar o rendimento, já líquido das taxas.

Com pouca oferta, aluguel sobe mais do que a inflação

Publicado no Jornal OTEMPO



FOTO: ALEXANDRE C MOTA/ARQUIVO  - Número de imóveis para aluguel caiu 11% no primeiro trimestre
 

No mês de março, o aluguel subiu 0,96% em Belo Horizonte, mais de três vezes cima da inflação medida pelo Ipead/UFMG, que ficou em 0,3%. O acumulado dos últimos 12 meses está em 9,61% para o aluguel residencial, também muito superior à inflação da capital mineira no período, que foi de 6,41%.

Veja cuidados financeiros na hora de construir a casa própria

Infomoney

                   


SÃO PAULO – Com a ascensão financeira das classes sociais mais baixas, o sonho da casa própria está cada vez mais presente na vida dos brasileiros. Comprar um apartamento ou uma casa pronta é uma das maneiras de atingir o tão sonhado objetivo, mas muitas pessoas também acabam optando por construir a sua própria residência, com as características que mais lhe agradam.

Para o educador financeiro e gerente-geral do INI (Instituto Nacional de Investidores), Mauro Calil, quem optar por construir deve fazer um planejamento para que a obra comece e termine dentro do prazo determinado.

Minas é colocada de lado no Minha Casa, Minha Vida

Estado de Minas -

Segunda etapa do programa do governo federal que constrói moradias para os pobres vai atender 1,6% do déficit habitacional do estado, que é o 21º no ranking dos beneficiados




Terceiro estado em déficit habitacional do país, Minas Gerais continuará com um número de moradias bem menor do que o necessário nos próximos anos. Anunciada na semana passada pelo governo federal, a segunda fase do programa Minha casa, minha vida prevê para o estado a construção de 7,86 mil novas unidades até 2014, número muito distante da defasagem de 474 mil moradias apontada no último relatório Déficit habitacional no Brasil, da Fundação João Pinheiro (FJP), divulgado em 2008. O contingente significa apenas 1,66% do que seria necessário. Minas vem em terceiro, atrás de São Paulo, com mais de 1 milhão de déficit habitacional e Bahia, com 485 mil.

quinta-feira, 19 de abril de 2012

Atenção corretor de imóveis! Produto ou serviço: O que você vende?

Clipping Imóveis -

Por: Guilherme Machado para o Blog Clipping Imóveis



Começo o post de hoje com uma pergunta muito simples: um imóvel é um produto ou serviço? Certamente você deve ter uma noção mínima da diferença entre esses dois conceitos e logo responderá que um imóvel é um produto, ou seja, algo tangível, matéria transformada em algo físico. Você está certo: o imóvel é um produto.

Agora eu te convido a ir mais fundo nessa reflexão. Corretor de imóveis: produto ou serviço, o que você vende? Você, possivelmente, irá responder: se o imóvel é um produto, está claro que o que vendo é um produto. Será? Envolva-se comigo na reflexão deste artigo e vamos descobrir a importância da mudança de percepção acerca do negócio no qual estamos inseridos.

Liberdade para demarcações geográficas favorece construtoras

FOLHA.com

Antes de achar que corretores e imobiliárias querem vender gato por lebre, é bom saber que chamar Pinheiros de Jardim América, por exemplo, não é algo tão fora da realidade como parece. Pelo menos administrativamente.

A Prefeitura do Município de São Paulo considera 31 subprefeituras, 96 distritos e nove zonas na definição da divisão político-territorial da cidade. Segundo a assessoria da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano, a lógica do mercado imobiliário independe da divisão oficial da prefeitura: cada empreendedor tem sua política de lançamento.

A executiva da Gafisa Erika Fugiwara explica que a escolha do local de um futuro lançamento leva em conta algumas variáveis. Entre as sempre analisadas pela empresa estão a oferta de terrenos na região, a demanda por um determinado produto, a proximidade de transporte público e de equipamentos urbanos, o histórico de vendas dos últimos lançamentos da concorrência e o potencial de valorização da região.



Zé Carlos Barretta/Folhapress - A executiva Vania Ciorlia mora oficialmente no bairro de Santa Cecilia, mas na divisa com Higienópolis, em São Paulo

"Na cidade de São Paulo, a análise sobre o estoque de outorga onerosa em cada subprefeitura também é fator determinante na hora de investir", diz Erika, referindo-se ao instrumento do Estatuto da Cidade que regula o uso do solo urbano, segundo o qual o empreendedor pode construir além dos limites estabelecidos por lei mediante pagamento ao poder público.

As construtoras e os habitantes da cidade não são os únicos a adotar uma divisão diferente da oficial. Repartições e órgãos públicos, como delegacias de polícia, zonas eleitorais, fóruns, agências dos Correios, empresas de telefonia e a CET contam com suas próprias demarcações para facilitar a logística do dia a dia.

O espaço físico tem seus obstáculos e variantes, como rios, grandes avenidas, ruas sem saída, becos, praças e pontos de convergência que confundem até os experts em rotas urbanas.

NOME "FANTASIA"

Os nomes comerciais, ou "fantasia", são criados como estratégia de marketing para valorizar um empreendimento, como aconteceu com o Thera Residence Faria Lima e o Berrini, da Cyrela, que escolheu duas avenidas ideais para levar o conceito da marca de morar perto do trabalho. Outras vezes, um grande centro de compras acaba apelidando a região, como ocorreu com os bairros Anália Franco e Jardim Sul.

Há ainda casos em que as construtoras criam o bairro inteiro, como o Paulistano, da Rossi Residencial, no Morumbi, e o projeto que a Tecnisa e a PDG estão implantando na região da Barra Funda, um bairro planejado de 250 mil metros quadrados, com 30 torres residenciais, duas comerciais e um centro para lojas de conveniência, além de praça de 50 mil metros quadrados, que será aberta ao público.

"Trabalho na região há algum tempo e posso dizer que o preço médio de venda por metro quadrado dos terrenos na Barra Funda valorizou-se de R$ 600 em 2007 para aproximadamente R$ 3.000 atualmente", conta o corretor Marcelo Abrigato, da Zimmermann Imóveis. "A procura é grande, pois o futuro morador terá os mesmos benefícios dos bairros vizinhos por um preço mais baixo."



Atrasos na hora de receber o imóvel contrariam consumidor e levam casos para justiça


CorreioWeb
 
 
Comprar um imóvel é o sonho de consumo de muitos brasileiros. Mas e quando o sonho vira pesadelo? Em Brasília, cresce a venda de imóveis na planta e com ela a falsa promessa de prazos de entrega rápida. Este é o caso do casal de servidores públicos Noa e Ivo Targino, de 24 e 25 anos, respectivamente. Eles compraram o imóvel em agosto de 2009. Com a promessa de entrega do apartamento para dezembro de 2011, o casamento foi marcado para janeiro de 2012. Até hoje, porém, nada de casa própria para os dois. O diretor do Instituto Brasileiro de Estudo e Defesa das Relações de Consumo (IBEDEC), José Geraldo Tardin, esclarece dúvidas sobre como agir nesse e outros casos em que o consumidor se encontra impotente sobre a aquisição de seu próprio bem.

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Confira o projeto da nova casa do ator Bruno Gagliasso

Por fprocopio


O ator Bruno Gagliasso recebeu a equipe do programa Casa Brasileira, do canal a cabo GNT, para mostrar o projeto de sua casa em São Conrado, no Rio de Janeiro.

O ator, casado com Giovanna Ewbank (atriz), conta no vídeo abaixo sobre o projeto arquitetônico de sua casa, e de sua preocupação em utilizar elementos sustentáveis na construção, na iluminação e na concepção dos móveis do interior de seu futuro lar.

Conheça a casa do campeão Anderson Silva

Já pensou em conhecer a casa do campeão de luta Anderson Silva? O brasileiro que ajudou a difundir o UFC e o MMA no país,abre as portas de sua casa no Rio de Janeiro para um programa de TV, e nós aproveitamos a oportunidade para levar aos leitores do nosso blog essa matéria exclusiva.

Nota-se que a casa do lutador segue a linha moderna e clean, com poucos móveis, com foco na organização e na boa distribuição dos espaços. Confira o vídeo
 
 

Planejamento: pode apostar, sua venda depende disso

Postado por Guilherme Machado

Refletir e analisar o que se pretende fazer antes de fazer: você pratica esse exercício antes de iniciar um processo de vendas? Esses dois verbos podem ser resumidos em apenas uma palavra – planejamento. Para um profissional em vendas, planejar é uma atividade primordial e faz toda a diferença.

É importante ter em mente que para ter sucesso nas vendas é necessário organizar as estratégias, estar atento ao mercado, conhecer o perfil do cliente, e, principalmente, buscar o autoconhecimento.

O planejamento requer uma visão holística, ou seja, uma análise do todo, é saber analisar as suas forças e fraquezas e como potencializar as oportunidades e minimizar as fraquezas tendo em vista um mercado que está em constante mudança.

Desse modo, é necessário entender que o planejamento é um processo contínuo. É um ciclo que envolve uma reflexão sobre o que se pretende fazer, aonde se quer chegar, como chegar, quais obstáculos poderão surgir pelo caminho e como contorná-los, como colocar o planejamento em prática e depois avaliar o que foi feito.

terça-feira, 17 de abril de 2012

Por que escolher um corretor de imóveis credenciado? Conheça 7 motivos

Postado por Guilherme Machado

Você sabia que a profissão de corretor de imóveis é uma das mais antigas do país? Ela existe desde a época da colonização do Brasil, quando esses profissionais eram conhecidos como agentes de comércio.

De lá para cá muita coisa mudou. Atualmente, passamos por uma situação favorável para compra de imóveis: ainda contamos com grande déficit habitacional, mas em contrapartida registramos um aumento no poder aquisitivo da população e maior oferta de crédito. Com isso, o sonho da casa própria ou de um novo negócio nunca esteve tão próximo.

Diante desse cenário, a intermediação imobiliária se tornou uma das profissões com maior demanda no país. Conforme determinam a lei 6.530/78 e o Decreto 81.8710/78, que regulamentaram a profissão, compete ao corretor de imóveis exercer a intermediação na negociação imobiliária.

Corretor de imóveis: descubra os segredos de uma mostragem de imóveis

Postado por Guilherme Machado


O mercado imobiliário é um dos setores que mais se desenvolvem no país e tem atraído profissionais das mais diversas áreas de atuação. E em um segmento tão democrático como esse, garantir um diferencial competitivo se torna fundamental para o corretor de imóveis que quer ser da tropa de elite.

Conversando com vários colegas de profissão cheguei à conclusão de que um dos grandes desafios do corretor de imóveis, hoje, é conquistar o cliente na hora da visita a um empreendimento. Você concorda? Por isso, no artigo de hoje irei abordar algumas dicas de como se tornar um especialista na arte da mostragem de imóveis. Vamos aprender e crescer juntos.

Já organizou sua casa em 2012?

Por fprocopio


O ano realmente começa depois do carnaval? Se a resposta for positiva, é hora de levantar a poeira e dar início agora à organização da sua casa para 2012. Com o início das aulas, se você é mãe, terá mais tempo livre para se dedicar à organização dos espaços de sua casa, e por que não, na reinvenção de ambientes e móveis.

Dicas simples podem te ajudar a mudar um pouco os ares de sua casa, e auxiliar inclusive na motivação em dar início a um novo ano. Confira algumas dicas:

Fotos antigas jamais: Reúna seus porta-retratos e procure novas fotos para servir de cenários em seus ambientes. Fotos antigas dão a impressão de “mesmice” ou culto às coisas antigas e passadas. Escolha fotos coloridas, jovens e que te transmitam alegria ao admirá-las.

Corretor de imóveis: como identificar o perfil do seu cliente?

Postado por Guilherme Machado


O mercado imobiliário a cada dia aumenta sua importância para a economia nacional. Junto a essa expansão, potencializam-se também os desafios para os profissionais do segmento. Por isso, o assunto do artigo de hoje foi cuidadosamente escolhido por representar um dos principais diferenciais para o corretor de imóveis que quer ter sucesso atuando nesse ramo.

Em qualquer processo de comunicação, conhecer a pessoa do outro lado é primordial e na negociação no mercado imobiliário não poderia ser diferente. Identificar o perfil do cliente permitirá ao corretor agir de forma mais positiva e segura, respeitando as diferenças de cada pessoa.

Convido você para uma reflexão. Imagine uma mão, ela é composta por cinco dedos, cada um diferente do outro e com suas funções específicas. Entender as particularidades de cada um é fundamental para potencializar o que eles têm de melhor.

Temporada de chuvas agrava infiltrações; especialistas recomendam ações rápidas

Do UOL.
Infiltração é coisa séria. Quando menos se espera, lá está a parede cheia de bolhas na pintura, o rodapé ou o piso de madeira começando a escurecer ou, muito pior, as fundações abaladas. Tempo úmido e chuvas constantes, comuns em grande parte do Brasil ao longo do verão, fazem com que o problema cresça e se agrave. Por isso, é preciso tomar atitudes rápidas que, se bem executadas, são definitivas para solucionar essa dor de cabeça.

“No verão, em particular, existe mais umidade no ambiente devido ao aumento das chuvas, o que piora alguns problemas em imóveis que não foram construídos adequadamente”, alerta o engenheiro civil Marcelo Chaves Zago, que é especialista em impermeabilização e reforço estrutural.

Sou síndico, e agora?

Por fprocopio

Muitas pessoas vêem a tarefa com muita disposição e permanecem no cargo por muitos anos – outros fogem da responsabilidade e ainda contribuem para que o serviço do síndico seja cada dia mais difícil e com problemas. Morar em condomínio é saber conviver em grupo, com regras comuns e com espírito de coletividade. Veja aqui algumas das responsabilidades de um síndico, e as leis que determinam suas funções.

Você sabe qual é a distância correta entre o sofá e a TV?

Fonte: BBel, um estilo de vida.

Não adianta investir em uma televisão grande se a sala de estar de sua casa não permitir que entre ela e sofá seja mantida a distância mínima indicada pelos fabricantes. Segundo Kairós Nunes, responsável pelo marketing técnico da divisão de televisores da Philips Brasil, ficar perto demais da tela, independente se aparelho é fabricado com tecnologias como LED, LCD, plasma e alta definição, acaba fazendo com que o telespectador perceba durante a transmissão falhas e defeitos da imagem.

Kairós explica que hoje as novas tecnologias permitem que as pessoas sentem-se mais próximas da televisão. Isso é possível porque os pixels que formam a imagem nos aparelhos de tubo são maiores do que aqueles das televisões de alta definição, por isso, no caso de televisores antigos, os telespectadores precisam ficar mais distantes para que os pixels não sejam percebidos. “Hoje em dia é difícil ver o pixel, mas defeitos de imagens são recorrentes, como no caso de filmes que foram feitos em película e digitalizados”, destaca Kairós.

Conheça algumas das 100 casas mais inovadoras do mundo

Fonte: Revista Casa e Jardim 

De tão ousadas, algumas casas até se confundem com obras de arte. Graças à criatividade e ao talento de arquitetos como a iraquiana Zaha Hadid, o polonês Daniel Libeskind e o brasileiro Marcio Kogan, entre outros tantos nomes, os projetos residenciais tornaram-se muito mais do que lugares para morar. 

Ângulos que parecem impossíveis, materiais inusitados e formas impressionantes são alguns dos aspectos encontrados nas construções experimentais que ilustram os dois volumes do livro 100 casas contemporâneas, lançado pela editora alemã Taschen. 

Imóvel como investimento é uma ilusão, diz Shiller

Para professor de Yale especialista no mercado imobiliário americano, não existe garantia alguma de que os preços dos imóveis vão sempre subir

Julia Wiltgen, de


Shiller: Imóvel não é um bom investimento se o objetivo é ganhar dinheiro com a valorização

São Paulo – Obcecado por gestão de riscos e especialista no mercado imobiliário americano, o professor da Universidade de Yale Robert Shiller considera que imóveis não são um bom investimento se o objetivo é ganhar dinheiro por meio de sua valorização. “Não existe garantia alguma de que os preços dos imóveis vão para cima”, disse o estudioso recentemente em entrevista ao site “The Motley Fool”.

Na ocasião, Shiller chamou de ilusão a corrida dos americanos aos imóveis ao longo da década de 2000, que culminou com o estouro da bolha em 2007. Bolha, aliás, prevista pelo próprio Shiller ainda em 2003. “Imóveis são ativos que se depreciam, que ficam antiquados; vão acabar no lugar errado. As pessoas vão querer viver em outros lugares, o ganho de capital não é automático”, observou o professor na entrevista.

Perguntado sobre por que os americanos caíram nessa ilusão, Robert Shiller disse não saber por onde começar. As razões listadas têm a ver com psicologia. E não poderia ser diferente, vindo de um dos pais das finanças comportamentais, ramo do estudo de finanças que considera que o lado emocional dos seres humanos que participam dos mercados tem um papel muito importante nas suas decisões de investimento.

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Quando é possível usar o FGTS para a compra de um imóvel

Se o comprador se encaixar nas regras, poderá quitar até 100% do valor do imóvel com o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço

Talita Abrantes, de



Caixa Econômica Federal: a gestora do FGTS impõe pré-requisitos para o saque

Há quase 30 anos, 8% do salário de todo trabalhador com contrato formal regido pela CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) são destinados para o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O sistema foi criado para garantir proteção financeira aos brasileiros demitidos sem justa causa. No entanto, não é preciso perder o emprego para ter acesso aos recursos do fundo. Alguns trabalhadores podem utilizar o valor acumulado para comprar um imóvel residencial - desde que atendam a algumas exigências da Caixa Econômica Federal, a gestora dos recursos.

Entenda seu informe de rendimentos e declare com mais segurança

Por InfoMoney
Um dos documentos extremamente importantes para a Declaração de Ajuste Anual do IRPF 2012 é o comprovante de rendimentos, cujo prazo de entrega pelas empresas e demais fontes pagadoras termina em 29 de fevereiro.

As informações constantes neste documento seguem praticamente o formulário da declaração do imposto de renda, ou seja, acompanhando os itens do comprovante, fica mais fácil preencher a declaração.

Quer entender um pouco mais sobre esse documento? Conheça as informações que devem constar em cada quadro do documento e cumpra sua obrigação fiscal com mais segurança.